LYRICS.AZ APPLICATION

Download from Apple Store
Download from Google Play

WC Beats - 5:15 lyrics

[ Verso 1: Ber]
5 e 15
A alma pa**eia
Vidrada no beat, 
deitada na areia
De Copacabana
, de vida sacana
Bonita e feia, 
princesa sereia
Que o sonhos derrama 
nas ruas em chamas
Da droga na veia, 
dinheiro na meia
Luxúria na cama, 
no ponto da lama
Cliente bacana, 
banquete pra ceia
Amantes do drama, 
a luz é vermelha
Uma mente distante, 
gemido excitante
O capeta aconselha 
o que vem adiante
Estoura espumante
, nova iniciante
A maldade na telha, 
coça a sobrancelha
Esvazie a carteira, 
estica a carreira
Chame outra amante
 pra entrar na banheira
A valsa derradeira,
 final triunfante
No quarto de cera

[Refrão]
Delírios, colírios
Luzes, flashes, brilhos
Sexo e cash, filho;
Modelos de espartilho
(Ow) O santo delira
Luxúria e boemia essa cidade respira

[ Verso 2: Delarima]
Avenida Atlântica, Copacabana beach
Madrugada under, tipo esse beat
Pique 9th Wonder, street life
Ela anda pela rua quase nua dirty sprite
E da mole pro bacana com dinheiro, good night
Boa noite cinderela, Cicciolina, Barbarella
Paris Café, 4x4, Monte Carlo, Centauro, Solarium
[Lyrics from: https:/lyrics.az/wc-beats/-/5-15.html]
Ta armado o cenário
Vida louca promíscua, mesmo a**im se arrisca
Se rabisca, vai pro shopping, se maquia e vai pra pista
Aceita Euro, Peso, Dollar, Iene
Libra Esterlina, Dirham também
Tem noção da contenção, é sua própria cafetina
Na visão morfina, malhação, rotina
Ela é dançarina, esculaxa no pole dance
Pa**a batida nas raves; Curte rap e trance

[Refrão]
Delírios, colírios
Luzes, flashes, brilhos
Sexo e cash, filho;
Modelos de espartilho
(Ow) O santo delira
Luxúria e boemia essa cidade respira

[Verso 3: Darryu]
Vem do universo a arquitetura
Sagrada magia, dom da cura
Santa criatura, pecado divino
Vem do refino a branca mais pura
A ditadura, o poder a**asino
As deusas do Rio, o clima sombrio
Submundo gótico, lírio
Os holofotes, brilhos
Os mais belos decotes, esvaziando os papelotes
Requinte, feitiço a beira do abismo
O patriotismo e seu misticismo
Sexo as drogas, o mundo em suas voltas
O rock pesado, lá no Cantagalo
O rap no arpex, também os triplex
Elas se beijam e se tornam mais s**
Machine, vida sublime de frente pro crime às
5:15

Correct these Lyrics