NA Roots - Se lyrics

Published

0 260 0

NA Roots - Se lyrics

[Intro] Yeah yeah... Yeah yeah , Yeah yeah... Yo , Naruto Yama Haa... What ya , what... [Verso 1] Se o mundo gira**e à minha volta, Era o Super-Homem Se Deus quisesse, a**im sendo só um simples homem Retrato inacabado, não esperes que a tinta seque Ninguém me pa**a cheque Malandro p'ra malandro, A dama é do ciente Eu só vivo presente "Sabura" é consequência Loucura é fugir à regra, Dependente é usuário Independente a chave Seja boceta ou filtro, tudo gera conflito Só vivo do que sinto P'ra que hás-de entender Se eu próprio não entendo Apenas sinto e faço Mas tudo fica claro depois do tacho lavado Minha vida é um apanhado P'ró putos amanhado P'ró polícia bandido, pela família querido Rodeado por muitos, só não sei se é bom fermento Mas enquanto sorrio contigo, sim conta comigo Se fosse tudo ou nada Valorizava quem?? [Refrão] Se sou palhaço, o meu desejo é ver o círculo a arder Se dás-me a mão, provável eu levar-te o braço por inteiro Se Deus não 'tá comigo, "Eu 'tou por ti", mas diz-me quem Sou eu, se por algum motivo, talvez, não sei O sol perder o brilho? [Verso 2] Se ainda não viste o filme Eu represento em barras Saídas do sonoro vividas por quem já "lôlo" 'Tou sem jeito p'ro tempo Injecto o meu processo Retrocedi no "time" P'ra te chamar "pateco" Sente a conexão como a chama segue o vento Não queiras pôr o dedo Nem tentes farejar Sai já do meu caminho Tens boca de chupa Eu não gosto desculpa Evita quem tem culpa Deixa de lado medo, faz-te homem determinado Caralho vivo teso Não temo por ir preso Só temo pela vida Que cá fora desprezo Não sei se faço a cama Não sei se deito nela Por mais vozes que eu oiça Não sei se chego a ela Caminhando no escuro Portanto 'tou seguro De tudo dito aqui Faço meu trampolim Não represento nada Vivo o que represento Meu espelho não engana O teu provavelmente Igual a mim ciente És doido fuma disso [Refrão] Se sou palhaço, o meu desejo é ver o círculo a arder Se dás-me a mão, provável eu levar-te o braço por inteiro Se Deus não 'tá comigo, "Eu 'tou por ti", mas diz-me quem Sou eu, se por algum motivo, talvez, não sei O sol perder o brilho?