LYRICS.AZ APPLICATION

Download from Apple Store
Download from Google Play

MC Xamã - Deus Abençoe o Rolé lyrics

[Refrão]2X
Que Deus abençoe o rolé e os amigos
Que sempre mantenha de pé e sem perigo
Que deixe de brinde as mulher e um abrigo
E quem atrapalhar o rolé tá proibido

[Verso 1: MC Estudante]
Tá proibido, está cortado
Quem não for nosso aliado nem para do nosso lado
Mas se estiver preparado pra fazer rap pesado
Pode chamar de chegado, porque tudo é um baseado
Em fatos reais, coisas ilegais, ervas naturais
Que versa e preserva e mantêm a paz
Mas para os meus pais, meus sons são banais, nada eficaz
Não entrego meu prego ao ego dos bens materiais
Materializo o que preciso e viso mais um sorriso
Dos amigos que acompanham nos asfalto ou no piso
Isso eu concretizo, paro e analiso do que sobrevivo
Só preciso de um violão pra base do improviso
Que eu faço onde eu pa**o que eu pa**o onde eu canto
Espalho em cada canto e mais um cai no encanto
Já emocionei velhinha, fiz ela cair ao pranto
E se gorjeta é boa, pelo menos hoje eu janto
Da sabedoria de cria da periféria que no dia a dia tem sua correria
E nego nem sabia que era ritmo e poesia
Junto com os de fé pegava as mulher, dava os seus rolé
Fazia parceiro no Rio de Janeiro mas nunca colava com zé mané
Seja na Lapa com a rapa ou então na smoke com o Buddy Poke
Caio na reserva e tomo um cerva, quer me criticar? Hã nego me poupe
Saio de viagem só com a pa**agem e sem nada pra refeição
Mas se a fome apertar, eu compro a larica, depois pulo a estação

[Refrão]2X

[Verso 2: MC Xamã]
Deixe seu recado após o sinal
Xamã chamando na rima, na parede de manual
[Lyrics from: https:/lyrics.az/mc-xama/-/deus-abencoe-o-role.html]
Estranho é ser diferente dos outros, pra mim é normal
E nesse mato sem cachorro essas cadelas quer meu p**
Hoje tem churrasco, Flamengo e Vasco
Pega dois litão no prego, depois eu devolvo o casco
Mas se eu bebo muito, no meu corpo eu não me encaixo
E segunda eu vou no poupatempo fazer meu cadastro
Na levada eu gasto
MC Xamã na rima já virou carrasco
A novinha eu arrasto
To com o Estudante do vocabulário vasto
Seu sensei sou
Tô afim de ver uns parentes no Natal
(hou hou hou)
Olha quem chegou, flow inovador, então abra mente por favor
Eu vou pra esse rolé contigo, quer correr perigo
É só contar comigo, eu sou decisivo
É flow de bandido, hoje a noite é uma criança que quer escrever um livro
Vem comigo pra minha guaxa
Qualquer kitnet a gente encaixa
É Zona Oeste - abaixa abaixa - o bonde faz a festa
O bonde gasta, o bong rasta, a rima testa, o rap adestra
E eu cineasta, eu tenho um Einsten na minha destra
Eu desenrolo no freestyle com laser na minha testa
Eu tô sempre acelerado vendo o mundo pa**ar devagar
Eu não sei onde tô, não sei onde vou para
Eu não sei onde tô, não sei onde vou para
Pago tudo que eu consumo
O que como, o que bebo e fumo
Vou improvisando, injetando conteúdo
Na vida é uma degrau que eu subo
Grafitti é meu grito mudo no muro, tá escuro
Mas eu posso ver meu mano puro
Mas se pá eu juro, vou jogar um verde pra colher maduro
Vou botar meu nome no seguro
Nunca apanhou em casa então na rua eu te inauguro
Tenta sorte, o azar é certo eu a**eguro

[Refrão]2X

Correct these Lyrics