LYRICS.AZ APPLICATION

Download from Apple Store
Download from Google Play

Giovani Cidreira - Crimes da Terra lyrics

[Verso 1]
Preso à minha classe e à minha mulher
Ainda vivo o que sobrou
Pro que o peito aberto e a mão no alcance de outra mão
Ainda te ouvi, mas agora você, agora é outro
Não me explique, o que eu sinto só eu sei
Cada lado de lagarto, em cada passo na prisão
Em qualquer cidade, em qualquer homem que encontrar
Você não está com sorte, sonolenta como toda noite até aqui
Tenho pouco tempo até que eu perca o novo trem

[Lyrics from: https:/lyrics.az/giovani-cidreira/japanese-food/crimes-da-terra.html]
[Verso 2]
Ah, as coisas do passado
E as coisas que eu esqueço de dizer
Ah, me sinto tão traído... Ôoh... Ôoh...
Ah, e os crimes da cidade
E as coisas que aprendemos pra esquecer...
Ah, e as coisas do passado
As coisas que eu esqueço de dizer
Ah, me sinto tão traído... Ôoh... Ôoh...
Ah, e os crimes da cidade
E as coisas que aprendemos pra esquecer na idade
Agora nada importa mais

Correct these Lyrics