Gabriel Muzak - O Mundo (Panela de Pressão) lyrics

Published

0 202 0

Gabriel Muzak - O Mundo (Panela de Pressão) lyrics

[Verso 1] Desde que o mundo é mundo ele nunca foi brinquedo Enquanto uns choram, outros se apressam pra vender o lenço Isso nunca foi segredo Te vendem remédio, plano de vida Especulando com seus medos Nos livros sagrados já tava escrito a muito tempo Qual vai ser a desse enredo, até o final [Refrão] O mundo (panela de pressão) O mundo Várias tensões, várias situações O mundo (panela de pressão) O mundo (panelinha de pressão) O mundo (panela de pressão) [Verso 2] O mundo do jeito que tá, as coisa do jeito que tão O mundo do jeito que é, as coisas do jeito que são Pra desistir é muito fácil, joga a toalha, vende a bandeira E corre pro abraço, vai O monstro é grande sim, mas não é invencível Pois esse império é artigo perecível Independente disso, faça o que tu acredita Pois o mundo fica mudo, a cada alma que abdica [Refrão] O mundo (panela de pressão) O mundo (panelinha de pressão) Várias tensões, várias situações O mundo (panela de pressão) O mundo (panelinha de pressão) O mundo (panela de pressão) [Ponte] O mundo, panela de pressão Várias situações, várias tensões Amontoadas como grãos de milho Avião fora da rota, trem fora do trilho O mundo, panela de pressão Várias situações, várias tensões Amontoadas como grãos de milho Pipocando pelos quatro cantos do planeta [Refrão] O mundo (panela de pressão) O mundo (panelinha de pressão) Várias tensões, várias situações O mundo (panela de pressão) O mundo (panelinha de pressão) O mundo (panela de pressão)