Amaro - T.A.C. lyrics

Published

0 210 0

Amaro - T.A.C. lyrics

[Verso 1] Olhó Amaro Ganza no bolso e um charro enrolado na boca do moço É medicamento de 4 em 4, de 8 em 8 e de 12 em 12 Senhor doutor, estou tão nervoso Toma uma dose, outra para durar O mel é tão doce não consigo largar Por isso consumo, fumo sem parar Viciado no diabo para acompanhar Bebo do gargalo porque tou-me a cagar Aqui a dica é pegar e largar E mais vale um na mão do que dois a voar Whisky dá-me a motivação, inspiração Inspiro um beca, escrevo uma canção Com uma [?] como bênção (Jesus) Falo do vício, da ostentação Não procuro [?] dentro da multidão Queria uma querida com dedicação Não para tapar a ferida do meu coração Mas para girar a crica tipo doação Ya, ajoelhar e rezar com fé, mas sem esperar o perdão Ainda era André da boca de everybody Agora uma dama chama-me de badi Acendi-lhe a chama, tá louca quer party E o meu rapaz só a quer para papar e Calma miúda, também sou nasty e tal mas Se quiseres festa dou te um festival Dentro da tenda, descomunal Lá fora quem viu diz que é do vendaval Não venhas com vendas, não leves a mal Mas quero olhar bem para o chavascal Se faço desporto sou mais radical Fodo com tanto gosto de agosto a agosto que todos os dias parece natal (Yack! Yack!) Voulez vous coucher avec moi ce soir Foi o que ela perguntou com o seu ar sensual Ela é de Paris e diz: La vie é belle Quis entrar no meu quarto e ver a torre eiffel b**h [?] (x2) E ela geme, geme até entrar em transe Essa putain queria comer o meu croissant (x2) b**h [?] (x2) E ela geme, geme até entrar em transe Essa putain queria comer o meu croissant (x2) [Verso 2] Dreads querem bitar um gajo como um croissant Damas tão a olhar pra um gajo como um croissant Deixa-os falar, deixa-os falar (x2) Deixa-os falar, deixa-os falar, tão me a querer julgar Apontam o dedo só por apontar Com caneta e bloco não pode falhar Procuram as falhas que eu nunca vou dar Buscam pelos erros mas não vou errar Não tenho medo nem tou cagado mas, tou me a cagar O meu sk** é com o meu flow, não vão agarrá-lo [?] do espetáculo e tu podes comprová-lo Firma tá montada tropas podem afirmá-lo (Yeah yeah) Farto de copos e de contar trocos Agora o destino é beber do gargalo Tenho 22 já não sou jovem promessa E quem diria que sangue forte iria fazer [?] 24 sobre 7 suor na testa Há quem só queria dormir uma siesta Que estou aquém e há quem o diga, que estou a mais Há quem o diga mas tropa acredita Nunca tive o rei na barriga A cota já teve o rei na barriga E um dia vou pô-la a viver como uma rainha Tens ódio na cara estampada És cara chapada de um cara chapada Eu não sou El Chapo mas chapo debaixo do chaparro Um chapa que te dá bem mais que catarro Mesmo que haja haters e por mais que queiras Que caia na terra vou viver na areia para bocas foleiras Que ficam por baixo tal como os pitões das chuteiras Saio da caixa em cada matriz Musica é musa e eu tou com fetiche Encaixo as dicas num jogo de tetris Vou ganhar o jogo e lançar os confettis Vou subir na vida até ficar com vertigens Rebentar o beat e matar [?] às virgens Isto nem é city mas a cena ficou séria Represento a minha city num espectáculo à Lá Feria Isto nem é Las Vegas mas eu quero é férias Dicas tão fat com férias Escrita com dedicação séria Pikas dão me pica e dedicação fella Mas não biques porque abri o bico para bicar nela A ficar fat no rap, Big Show Quem diz o contrário tem um big nose Se isto vai dar, se isto vai dar, who knows? Vou tentar até ficar cansado, se tas do meu lado, you know [Verso 3] Yo, yo Querem falar? Podem falar (You know) Palmada no beff beff é o que ela pede, pede A anca abana shake what yo' mama gave ya', yes Tou te a ver a ser a next da ex e a ex da next Do quarto pra sala e da sala pro anexo Não precisa haver nexo para haver s**o Só precisa haver vontade e nenhum complexo Champanhe a acompanhar para aliviar o stress E um croissant bem rijo a bater nesse a** I got no cash, cash Se tu queres queres, então mexe, mexe O puto nem é barça mas show me [?] Cheira me a bagulho se tu tas na guest list Então check, check Paguem o esforço, nunca em cheque, cheque, cheque, cheque Foda-se!